Oração: Não tente viver sem ela.


    Tem sido muito comum ouvir por parte de alguns cristãos a desculpa que não têm tido tempo suficiente para orar. Na verdade, tais pessoas costumam afirmar que em virtude da complexidade da agenda, bem como a correria do dia-a-dia, não possuem a menor condição de passar momentos em comunhão com o Senhor através da oração. Entretanto, ao contrário dos workaholics de plantão, ouso afirmar que o fato do individuo não desenvolver uma vida constante de oração aponta especificamente de que suas prioridades são outras.


    A história nos mostra inúmeros exemplos de homens e mulheres de Deus que desenvolveram uma belíssima vida de oração. Por exemplo, Jonathan Edwards costumava passar trezes horas estudando e orando todos os dias; John Wesley considerava a oração a coisa mais importante de sua vida; Whitefield, Pregador escocês do século XVIII dedicava oito horas de seu dia a oração.
    O que falar então de Dwight L. Moody? Conta-se que em 1892, um navio dirigindo-se da Inglaterra aos EUA enfrentou uma violenta tempestade. Os setecentos passageiros embarcados andavam cambaleando de um lado para outro, arremessados pelo forte balanço do mar. E, para piorar ainda mais, a bomba que ajudava a jogar a água acumulada na embarcação não dava conta de tamanha tempestade. Na verdade, se não houvesse um fator extraordinário em pouco tempo afundariam. Como que quisesse dar certeza do pior, a tempestade desviou o navio, excluindo a possibilidade de socorro. No entanto, estava a bordo, a caminho de uma conferência na América, o evangelista Moody. O grande pregador vendo a complexidade da situação pede ao capitão que anuncie aos viajantes uma reunião de oração. Moody começou lendo o Salmo 107:23, 24 que diz: “Os que descem ao mar em navios, mercando nas grandes águas, esses vêem as obras do Senhor….pois Ele manda, e se levanta o vento tempestuoso que eleva suas ondas”. Em seguida, após uma pausa para reflexão, lê os versículos seguintes: “então clamam ao Senhor na sua angústia; e Ele os livra das suas dificuldades”. Logo a seguir ao famoso evangelista orou e pregou o evangelho mandando os seus ouvintes que voltassem aos seus cômodos, até que se fizesse bonança. Em pouco tempo, outro navio os encontrou e conduzindo-os em segurança à América.
    Caro leitor, não tenho dúvida de que o segredo do sucesso ministerial de homens e mulheres de Deus está relacionado ao tempo dedicado a oração. Junta-se a isso o fato de que Jamais devemos esquecer que uma vida de oração é fundamental à nossa saúde espiritual, e que orar, significa relacionar-se diretamente com Aquele que mediante sua vontade tudo pode fazer.
    Pense nisso!

    Proxima
    « Anterior
    Anterior
    Próximo Post »

    Postagens populares